Como ganhar mais dinheiro com anúncios do Google

Utilizar anúncios do Google, de forma bem executada, pode tornar essa ferramenta uma das muitas fontes de receita do seu negócio. No entanto, para ganhar mais dinheiro com o Google Ads, você precisará de mais do que apenas conhecimento básico. Se você quiser saber como fazer os anúncios do Google trabalhar para você, daremos algumas dicas para aumentar seus conhecimentos.

Árvore de dinheiro

O que são anúncios do google e como eles funcionam?

O Google Ads, anteriormente conhecido como Google AdWords, é um tipo de plataforma de publicidade de pagamento por clique (PPC). Um anunciante (incluindo muitos proprietários de pequenas empresas como você) paga para que seu anúncio seja exibido para públicos relevantes escolhendo palavras-chave específicas para seus negócios que os pesquisadores podem usar no Google e “licitando” nelas.

Para começar a usar os anúncios do Google Ads, você escolhe o tipo de campanha publicitária que deseja veicular:

  • Pesquisa: anúncios de texto exibidos entre as listagens em uma página de resultados do mecanismo de pesquisa do Google (SERP);

  • Exibição:  anúncios em formato de texto, imagem, vídeo ou rich media que são exibidos em páginas da Web na Rede de Display do Google, que inclui uma coleção de websites que fizeram parceria com o Google e concordaram em exibir anúncios do Google;

  • Vídeo: anúncios entre seis e 15 segundos que aparecem no YouTube;

  • Compras: exibidos em lista de produtos para lojas de e-commerce que aparecem no Google Shopping e nos resultados de pesquisa;

  • Aplicativo Universal: promovem um aplicativo nas redes de Pesquisa, Display e Vídeo do Google.

Anúncios do Google na rede de pesquisa

Anúncios do google - pessoa pesquisando

Se você está começando a usar o Google Ads, os anúncios da Rede de Pesquisa são uma ótima opção para começar. Veja como eles funcionam em poucas palavras: 

  1. Uma pessoa procura algo no Google. Digamos que eles estejam procurando por empresas de telhados em sua área de Minnetonka, Minnesota.

  2. Você, proprietário de uma empresa de telhados da região, já licitou uma certa quantia em dinheiro para que seu site apareça toda vez que um usuário digitar “empresas de telhados em Minnetonka” em uma pesquisa no Google.

  3. Seu site aparece em algum lugar na primeira página de resultados – se você der lances suficientes (mais sobre isso em breve). Ele terá uma pequena caixa verde que diz “Anúncio” ao lado do URL do site, mas, de resto, é praticamente o mesmo que os resultados orgânicos da página. 

  4. Se a pessoa clicar no seu site , você paga ao Google Ads. O valor depende de quanto você está disposto a pagar por cada clique, que é chamado de custo por clique (CPC). 

O Google não é o único lugar onde você pode usar a pesquisa paga para alcançar seu público-alvo; outros motores de busca como o Bing operam as suas próprias redes de publicidade. Mas por hoje, vamos continuar nosso foco no Google Ads . 

Dicas para melhorar seus anúncios do Google

Google analytics

1. Segmente palavras-chave de cauda longa com intenção do comprador

Um dos maiores erros que os anunciantes cometem com o Google Ads é segmentar as palavras-chave erradas. Milhões de dólares são desperdiçados todos os anos na segmentação de palavras-chave de baixa intenção. Abaixo estão os três tipos de palavras-chave que você pode segmentar com anúncios on-line:

Palavras-chave informativas

Essas palavras-chave segmentam páginas com intenção informativa. Basicamente, eles fornecem ao pesquisador informações sobre um determinado tópico, mas não segmentam usuários com a intenção de realmente comprar algo. A menos que você considere isso absolutamente crucial para sua estratégia, é melhor ficar longe desses tipos de palavras-chave. Um exemplo seria “estratégias de marketing online”.

Palavras-chave de navegação

Essas palavras-chave geralmente são usadas para encontrar uma página específica em um site ou o site em geral, usando um mecanismo de pesquisa. Essas consultas têm mais intenção comercial do que palavras-chave informativas. Um exemplo seria “Marketing digital” ou “Webdesign”. Dessa forma, essas palavras-chave já convertem para páginas informativas de empresas que oferecem estes serviços.

Palavras-chave comerciais

Estas são as palavras-chave com maior intenção de compra. Essas consultas são usadas por alguém que procura algo para comprar. Um exemplo desses tipos de palavras-chave seria “melhor marca de lava-louças” ou “vendas de roupas online”.

Obviamente, as melhores palavras-chave para segmentar são transacionais devido à alta intenção comercial que possuem. Mas nem sempre é tão simples. Algumas palavras-chave de navegação podem ter uma quantidade razoável de valor, por isso pode ser melhor colocá-las na parte inferior do seu funil de vendas .

No entanto, as melhores palavras-chave para segmentar no topo do seu funil sempre serão palavras-chave de cauda longa com alta intenção comercial (ou do comprador). Exemplos dessas palavras-chave podem ser “onde comprar mouse de computador XYZ” ou “melhores comparações de mouse de computador”.

Seu funil de vendas deve ter esses tipos de palavras-chave no topo e destinar a maior parte do seu orçamento de publicidade para elas também.

2. Ajuste sua localização

Serviços de localização

Falando em configurações, considere sua segmentação geográfica. Se sua segmentação for muito limitada, seu público poderá ser muito pequeno para ser executado (especialmente se suas palavras-chave forem muito específicas).

Por outro lado, se você tiver um orçamento limitado e uma grande área geográfica para cobrir, poderá estar distribuindo esse orçamento muito pouco para competir com outros que fazem lances pelas mesmas palavras-chave. Descubra onde você tem a possibilidade de obter o melhor desempenho e invista lá.

Não faz sentido anunciar para pessoas que você não pode atender ou que não seriam lucrativas para você. O Google Ads oferece opções de segmentação por local altamente personalizáveis ​​que você pode usar para incluir os melhores locais para você e excluir aqueles que serão um desperdício de orçamento .

3. Utilize os formatos de extensões

Para frase destaque

Você pode usar as extensões de frase de destaque do anúncio do Google para destacar algumas ofertas especiais em seus anúncios.

Por exemplo, você pode usar frases como “Frete grátis”, “Entrega rápida”, “Sem custos adicionais”.

Frases como essas aumentam sua taxa de cliques, o que é bom para seu Índice de qualidade .

Subestimar sua segmentação geográfica realmente lhe custará gastos desnecessários com anúncios. Portanto, tenha isso em mente quando estiver pronto para executar estratégias de marketing digital que possam se beneficiar desse atributo crítico.

De chamada

De acordo com a equipe do Google Ads , as extensões de chamada podem aumentar sua taxa de cliques em 4 a 5%.

As extensões de chamada adicionam seu número de telefone comercial aos seus anúncios.

De sitelinks

Anúncios do Google - onde estão indicados os sitelinks

As extensões de sitelink do Ads permitem que você adicione mais links aos seus anúncios.

Você pode adicionar links para as principais páginas do seu site relacionadas à palavra-chave. Ou podem ser links para páginas relacionadas nas quais os consumidores possam estar interessados.

3. Tenha landing pages de qualidade

Landing pages de maior qualidade significam índices de qualidade mais altos, o que significa menor custo por clique. E enquanto as landing pages (ou páginas de destino) costumavam ser uma grande dor de cabeça, elas não precisam mais ser. Temos um guia sobre como criar a sua própria landing page. Além disso, é um ótimo manual para se ter em mãos para otimizar sua landing page já existente.

Lembre-se, a landing page é a mais próxima do ponto de conversão. Se você não a configurou bem, vai prejudicar muito o que você fez na organização da campanha e na parte estratégica do processo.

4. Seja estratégico com metas de conversão

Google - segmentação marketing digital

Cada uma dessas ações, embora não seja necessariamente a meta de conversão desejada, ajudará a capturar usuários adicionais que não estavam prontos para converter em sua ação principal naquele momento.

  • Você está pedindo para alguém comprar alguma coisa? Talvez também ofereça uma inscrição de e-mail para o seu boletim informativo para saber sobre vendas e promoções.

  • Pedindo informações de alguém para montar um orçamento personalizado? Talvez também crie uma calculadora fácil para ajudá-los a desenvolver uma estimativa por conta própria.

5. Aumente seu lance em pesquisas para celular

As pesquisas em dispositivos móveis agora excedem as pesquisas em computadores.

De acordo com o Google , 76% das pessoas que realizam uma pesquisa local em seu smartphone visitam uma empresa em 24 horas e 28% dessas pesquisas resultam em uma compra.

Esteja disposto a aumentar seus lances de palavras-chave para pesquisas em dispositivos móveis, pois elas geram mais vendas .

6. Concentre-se nos anúncios do Google da Rede de Pesquisa

De acordo com um estudo publicado na Recode, os anúncios de display digital em computadores e dispositivos móveis estão diminuindo.

E de acordo com a Harvard Business Review , a maioria dos anunciantes passou a acreditar que os anúncios entregues quando um cliente está pesquisando termos específicos são mais eficazes do que os banners estáticos que antes dominavam a web.

Os clientes devem ver seus anúncios somente quando estiverem interessados. Os anúncios de pesquisa do Google Ads permitem que você faça exatamente isso.

Ao escolher seu tipo de campanha para anúncios do Google, certifique-se de selecionar “Somente rede de pesquisa”. Isso garante que seus anúncios sejam exibidos apenas nos resultados de pesquisa do Google quando as pessoas usarem suas palavras-chave de destino.

7. Faça uma análise profunda da concorrência

Antes de começar a fazer anúncios do Google, você deve saber quem são seus concorrentes. Muitos empresários assumem que seus concorrentes offline são os mesmos que seus concorrentes online. Porém, esse não é sempre o caso.

Não é apenas necessário conhecer seus concorrentes mas também aprender com eles. Para isso, ferramentas adicionais como Semrush, são muito úteis para monitorar os anúncios de seus concorrentes. Por exemplo, ao buscar por uma palavra-chave no Semrush, você verá quais call to actions seus concorrentes andam usando em seus anúncios. Uma informação muito útil para adaptar sua campanha de acordo com a concorrência.

Você também pode digitar sua palavra-chave no mecanismo de pesquisa do Google e ver os anúncios que aparecem.

8. Dê tempo ao seu anúncio do Google

Pessoa esperando anúncio do google

Isso pode parecer uma desculpa, mas considere o seguinte: em média, leva de 7 a 14 dias para o Google concluir sua fase inicial de aprendizado de qualquer nova campanha (de acordo com o algoritmo do Google). Mas leva quatro semanas para que o Google tenha dados suficientes para começar a otimizar uma campanha com base no desempenho. Dê a sua publicidade a chance de otimizar. (E não faça mudanças significativas enquanto estiver em uma fase de aprendizado. Isso redefinirá o relógio!)

Acompanhe, meça e melhore sua taxa de cliques

Os recursos para melhorar seu anúncio do Google, mencionados neste artigo ajudarão você a aumentar sua taxa de cliques.

Leva tempo para ficar bom em qualquer coisa. Mas com algum esforço conjunto e tomada de decisões estratégicas, você pode melhorar e otimizar seus anúncios, o que leva a uma melhoria na CTR (taxa de cliques) e um eventual aumento no índice de qualidade. O resultado final é uma campanha incrivelmente eficaz.

Além disso, quanto mais você testar A/B, melhor você entenderá o cliente. Pense nisso como não apenas treinar seus anúncios para melhorar, mas também sua mente. Você subliminarmente terá um melhor controle sobre seu cliente e a maneira como ele está pensando. Testar suas campanhas é algo que você sempre deve ter no topo da sua lista de tarefas depois de criar uma campanha semi-bem-sucedida.

Se gostou deste artigo, nos ajude compartilhando-o nas suas redes sociais.

Rolar para cima

Deixe seus dados que entraremos em contato