Guia de CRO – Como aumentar suas taxas de conversão

Para aumentar a taxa de conversão do site, sua melhor tática é entender seus visitantes, usuários e clientes e fornecer a eles o que eles precisam. Assim, surge Conversion Rate Optimization ou CRO. Uma tática que quando bem aplicada, garante o crescimento sustentável de suas taxas de conversão.

Foguete CRO

O que é CRO?

CRO significa Otimização da Taxa de Conversão. Refere-se ao processo de otimizar a experiência do seu site ou página de destino para que haja uma maior probabilidade de os visitantes realizarem as ações desejadas. O CRO é importante porque ajuda a otimizar os esforços da equipe de marketing.

Em primeiro lugar, é essencial entender que conversão significa coisas diferentes dependendo do contexto. Alguns exemplos de conversões são:

Por que o CRO é importante?

As definições padrão de CRO, como a que acabamos de escrever acima, focam em porcentagens de conversão, médias e benchmarks. Essa ênfase em uma abordagem numérica vem com uma desvantagem: quanto mais você olha para planilhas cheias de pontos de dados de conversão e ações, menos pensa nas pessoas por trás delas.

Por isso, o CRO vai muito além disso. Se trata também de o processo de se concentrar em entender o que impulsiona, chama a atenção e convence seus usuários, para que você possa oferecer a eles a melhor experiência possível. Isso, por sua vez, é o que os faz converter.

Se você gerencia canais de marketing on-line ou  até mesmo o SEO, o CRO será constantemente um tópico importante para ajudar sua empresa a crescer.

Como as taxas de conversão podem ser otimizadas?

As conversões podem ocorrer em todo o site, desde a página inicial e páginas de serviço até páginas de preços, blogs e páginas de destino projetadas para campanhas específicas. Aqui está um caminho simples para você começar a otimizar suas taxas de conversão e aplicar o CRO.

1. Definindo suas metas de marketing de CRO

Antes de tudo, você precisa definir qual é o evento de conversão que você vai otimizar.

Na maioria das vezes, a otimização de conversão se concentra em transformar os visitantes do site em leads. Às vezes, o evento de conversão pode até ser uma compra. Eventos de conversão “menores”, como inscrever-se em uma newsletter ou clicar em um link, geralmente são caracterizados como microconversões . 

Mesmo que não levem necessariamente a mais vendas imediatamente, são etapas importantes que levam à próxima fase de um caminho de conversão. Eles mostram o lead qualificado de marketing que pode se tornar um cliente pagante mais tarde.

Cabe a você decidir o que deseja realizar. Lembre-se de quais processos existem em seu funil de conversão exclusivo e quais eventos produzem os leads mais qualificados.

2. Analisando o problema

Antes que você possa resolver o problema, você precisa saber algo sobre a situação atual e olhar pelo lado do seu cliente e o que pode estar faltando para ele converter. A resposta pode ser encontrada em algum lugar entre o estado atual do site e o que seus clientes precisam e desejam.

Aqui estão algumas coisas que você deve considerar ao analisar seus canais:

Se você deseja converter seu tráfego, precisa entender por que as pessoas estão acessando seu site . Eles podem vir de uma pesquisa específica do Google para o seu produto (é aí que o SEO pode ser útil), simplesmente fazendo alguma pesquisa, encontrando você nas mídias sociais ou seguindo a recomendação de alguém. se você os tratar da mesma forma , você não pode personalizar a experiência do usuário e priorizar as mensagens certas para os dados demográficos mais importantes para sua empresa.  

Sem saber onde e  por que os visitantes estão deixando seu site , você não pode realmente melhorar a experiência deles e (em última análise) suas taxas de conversão. Em vez de fazer alterações com base em opiniões ou  práticas recomendadas padrão e torcer. Assim vamos ao nosso próximo ponto sobre CRO: como compreender melhor seu usuário.

4- Use ferramentas para CRO

Dentro do processo de CRO, existem várias ferramentas que os profissionais usam para coletar dados, formar suas hipóteses e executar testes. Os mais comuns incluem  Google Analytics ,  Google Optimize ,  RD Station e  Hotjar. Esses programas permitem determinar o número total de visitantes da página, interações, cliques e conversões. Além disso, você pode usar um mapa de calor para ver onde os visitantes do site interagem mais e onde estão os pontos problemáticos.

Obviamente, um grande benefício de adicionar uma estratégia de CRO é coletar mais dados para o seu site. Como qualquer gerente de negócios sabe, quanto mais dados você puder coletar de seus clientes e clientes em potencial, mais poderá melhorar a satisfação do cliente e identificar leads de vendas.

O que anda de mãos dadas com as ferramentas CRO é um profissional CRO. Semelhante à  contratação de um consultor de SEO , um consultor de CRO lhe dará os melhores resultados. São eles que têm anos de treinamento e experiência para implementar mudanças significativas. Um especialista em CRO combina ferramentas orientadas por dados com uma visão de marketing para garantir que um site seja aprimorado para a melhor experiência do usuário e, portanto, a melhor experiência de conversão.

5. Escolha o que otimizar

Com essas informações sobre o comportamento do seu público, o próximo passo é olhar para seus canais de comunicação e escolher o melhor candidato para a otimização. Um bom ponto de partida, é olhar para suas páginas de maior tráfego que ao mesmo tempo possuem a maior taxa de rejeição. Afinal, Essas páginas já têm o tráfego, simplesmente precisam fazer melhor uso dele. Algumas áreas comuns de um site ou aplicativo que podem ser candidatas a CRO são as seguintes:

As conversões podem ocorrer em todo o site, desde a página inicial e páginas de serviço até páginas de preços, blogs e páginas de destino projetadas para campanhas específicas. Aqui estão algumas maneiras simples de otimizar essas páginas para conversões.

Homepage

Uma página inicial, Homepage ou apenas Home, normalmente não é a página em que os visitantes realizarão uma ação, mas ainda tem um papel crítico a desempenhar nas conversões. Deve causar uma primeira impressão positiva nos visitantes e orientá-los claramente através do seu site para as informações que desejam encontrar. Uma página inicial deve exibir links claros para informações de produtos e serviços, incluir botões que permitam aos visitantes realizar ações rápidas e até incorporar recursos como um chatbot que pode fornecer respostas às perguntas dos visitantes.

Landing pages

As Landing pages são projetadas especificamente para as pessoas agirem. Geralmente, são o principal destino de campanhas de marketing on-line pagas e muito dinheiro é gasto direcionando tráfego para essas páginas, por isso é crucial observar seus dados de uso para entender onde aprimorar as taxas de conversão. Limitar o número de ações potenciais que os visitantes podem realizar, articular claramente o valor que o produto ou serviço pode proporcionar ao visitante e estabelecer a credibilidade do negócio são apenas alguns dos elementos que você precisa considerar para otimizar as taxas de conversão.

Artigos de blog

Os blogs são uma excelente maneira de responder às perguntas que os visitantes podem ter sobre seus produtos ou serviços e fornecer mais informações sobre o tipo de benefícios que eles podem oferecer. Isso também os torna uma maneira eficaz de potencialmente transformar leitores em leads. A publicação de conteúdo relevante e genuinamente útil, que inclui uma chamada para ação (CTA), convida os leitores a saber mais e solicita que eles enviem seu endereço de e-mail para obter informações mais abrangentes que podem ajudá-lo a converter.

6. Faça experimentos, observe e analise os resultados

Como dito anteriormente, o marketing CRO não é uma atividade finita para conversões, é um processo contínuo. É por isso que você precisa testar o que funciona com o que não funciona para o seu negócio. Isso ajudará a medir os KPIs em seu processo geral de conversão. 

Procure fazer testes A/B para confirmar suas hipóteses e dados. Ferramentas de teste A/B que ajudam você a testar diferentes variações de uma página para encontrar o melhor desempenho (recomendado para sites de alto tráfego, para que você possa ter certeza de que seus resultados são estatisticamente válidos). Além disso complemente esses testes com ferramentas de gravação de sessão que permitem comparar diferentes variações de uma página e o comportamento nela.

Alguns de seus assinantes também usarão vários provedores de e-mail (Outlook, Gmail, Yahoo etc.) que exibem emojis de maneira diferente. Portanto, é imperativo que você teste seus e-mails antes de enviá-los para as massas apenas por segurança.

Pronto para aplicar o CRO?

A Otimização da Taxa de Conversão ou CRO ajuda o seu negócio de várias maneiras. Ele aumenta a geração de receita, aumenta o valor dos clientes existentes, oferece uma melhor experiência ao cliente e melhora a afinidade e a lembrança da marca.

E realmente nunca para de melhorar porque não há limite para as possibilidades de testes que você pode fazer para diferentes elementos em seus sites. Às vezes, um pequeno ajuste de 2 minutos em algo como o tamanho de uma fonte ou usar outras palavras em um CTA pode melhorar drasticamente o envolvimento do usuário, a experiência e as conversões.

O marketing de otimização da taxa de conversão pode ser uma ótima maneira de melhorar suas taxas de conversão e aumentar seus resultados. Seguindo esses passos, você estará no caminho certo para o sucesso. Se você tiver alguma dúvida, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco e teremos prazer em ajudar. Boa sorte!

Se gostou deste artigo, nos ajude compartilhando-o nas suas redes sociais.

Rolar para cima

Deixe seus dados que entraremos em contato